O amor em 4 patas. Conheça o trabalho do Instituto Cão Terapeuta

Fique à vontade para Compartilhar com amor com seus amigos! ❤

Scott é um cachorro da raça Shitzu que desempenha a nobre missão de ajudar o próximo. Ele faz parte de um grupo de outros 44 cães, 18 adestradores e 60 voluntários que atuam no Instituto Cão Terapeuta (ICT).

Fundada há cinco anos (completos neste mês de junho), mas com o trabalho desenvolvido há oito, a ONG nasceu com o objetivo de levar qualidade de vida às pessoas em situação de vulnerabilidade através do contato com os cães.

Atualmente, o Instituto Cão Terapeuta trabalha em quatro hospitais, um ambulatório, uma casa de repouso e uma instituição que abriga pessoas com paralisia cerebral.

As visitas podem ser semanais, quinzenais ou mensais, de acordo com a demanda de cada instituição.

“Estudos sugerem que a intervenção assistida por animais pode reduzir os níveis de ansiedade e estresse; aumenta os níveis de ocitocina no sangue causando sensação de bem-estar nos assistidos, afasta o indivíduo do isolamento favorecendo o contato social; reduz a sensação de dor; melhora a comunicação de pacientes hospitalizados com a equipe de enfermagem e favorece a mobilidade física e a fala, entre outros”, diz a psicóloga e coordenadora do instituto, Annelisa Faccin.

Um dos hospitais atendidos é o São Luiz Infantil, localizado no Jabaquara, Zona Sul de São Paulo. O “rei” da festa com a criançada é o Scott, que tem cinco anos e há quase três é voluntário no Instituto Cão Terapeuta.

O amor em 4 patas. Conheça o trabalho do Instituto Cão Terapeuta 1A treinadora dele precisou se desligar por motivos profissionais, mas a família do Scott e a coordenação do instituto autorizaram que ele continuasse o trabalho, agora, com a fonoaudióloga Sônia Regina da Silva.

Além de morarem perto, ambos têm algo em comum: a solidariedade.

Completam o grupo a cadela Domitila, sua tutora, Clície Pastorello, e o treinador Fábio B. Antônio.

Uma vez por mês, durante 45 minutos, a brinquedoteca do hospital é palco de uma verdadeira “farra” entre as crianças, o Scott e a Domitila.

“É mágico e de emocionar. As crianças que têm permissão médica saem dos quartos e vão para a brinquedoteca. Jogar bolinha e um boneco é a brincadeira preferida do Scott, que também participa de caça ao petisco. As crianças escondem os biscoitos do Scott e ele precisa encontrá-los. Além disso, há brincadeiras com cordas e bambolês, e a treinadora ensina às crianças alguns comandos que podem ser aplicados ao Scott. O desconforto causado pelo estado de saúde das crianças desaparece com a presença do animal. Esse benefício é estendido aos pais e/ou acompanhantes presentes no local”, conta a voluntária Sônia.

É importante esclarecer que a interação com o cachorro só acontece se a pessoa que está internada desejar.

Aí, a equipe presente verifica as possibilidades de troca (dar carinho, jogar bolinha, pedir comandos, conversar, etc).

Seleção de voluntários – Cão Terapeuta

O processo seletivo ocorre uma vez ao ano e dura cerca de seis meses.

O amor em 4 patas. Conheça o trabalho do Instituto Cão Terapeuta 3A abertura da seleção para novos voluntários é informada através das redes sociais do instituto.

Primeiro, os candidatos assistem à palestra de apresentação do ICT.

Ao longo do processo, eles acompanham as visitas, passam por entrevistas e depois são feitas as avaliações dos cães.

Requisitos Cão Terapeuta

O voluntário humano precisa, além de certa disponibilidade de tempo, gostar de trabalhar em equipe, ser resiliente e boa tolerância à frustração, discreto e empático.

  • O cachorro deve ser manso e confiante;
  • Gostar de dar e receber carinho; ser altamente sociável com todos os tipos de pessoas e outros cães;
  • Ter aptidão ao trabalho;
  • Ser adestrado por meio de reforço positivo (saber comandos de obediência);
  • Estar vacinado, vermifugado e castrado;
  • Ter de um ano a seis meses a seis anos de idade.

Contato

Site www.caoterapeuta.org.br,
Facebook/caoterapeuta
Instagram @caoterapeuta

Quem quiser contribuir com o trabalho do ICT pode fazer doações e/ou adquirir produtos na loja virtual.

Por Patrícia Pasquini


Fique à vontade para Compartilhar com amor com seus amigos! ❤

POST A COMMENT.