O que é Neuromarketing?

Spread the love
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    15.2K
    Shares


Você sabe o que é Neuromarketing? Você sabia que 95% das decisões do seu Consumidor são feitas de forma inconsciente?

Um dos principais objetivos do marketing é entender melhor seu público-alvo, entrando na sua mente para poder fornecer exatamente aquilo de que ele necessita.

Acredita-se que 20% das multinacionais estejam fazendo, ou já tenham feito, algum estudo de neuromarketing. Como? Por exemplo, estudos indicam que as pessoas gostam de carros com “cara de gente” pois, quando olhamos para a frente de um automóvel, usamos os mesmos circuitos cerebrais que processam rostos.

Parece coisa de filme, não é? Mas, essa é a proposta do neuromarketing, a ciência que pretende entender melhor o que se passa na cabeça das pessoas quando são expostas a determinados tipos de publicidade, produtos e marcas.

O que é Neuromarketing?

Neuromarketing é a junção entre ciência e técnicas de marketing. Em todo o mundo companhias passaram a utilizar a Neurociência Aplicada para analisar as escolhas e preferências de seus consumidores.

marketing digital ai pressEssa ciência tem como objetivo identificar quais as áreas do cérebro são ativadas nos processos de tomada de decisão dos consumidores. Ou seja, quando há uma ação de compra, que envolve também a aceitação de uma marca ou produto, o cérebro se comporta de uma maneira específica. É isso que o neuromarketing pretende mensurar e identificando estratégias mais atraem e agradam o público.

O neuromarketing pode ser usado para identificar as reações de aceitação do consumidor em relação a marcas, design de embalagens, produtos, plataformas on-line e diversos outros tantos aspectos a serem levados em consideração para o sucesso de um produto ou serviço.

Neuromarketing X Pesquisas de Mercado Convencionais?

Para entendermos a diferença entre as duas, precisamos falar sobre cada uma:

Pesquisas de mercado tradicionais são compostas por entrevistas, questionários e estudos demográficos em determinados grupos de consumidores. A partir delas, se extrai uma série de informações explícitas, que podem ser usadas no desenvolvimento, ou divulgação, de um produto.

Esse tipo de pesquisa é muito útil para qualquer setor de marketing, pois permite identificar características-chave do público-alvo, além de auxiliar na construção de uma persona específica e, claro, no desenvolvimento das campanhas.

Mas tem um “probleminha” a se levar em consideração. Nas pesquisas tradicionais de mercado, certos tipos de informação podem ser omitidas por barreiras pessoais ou culturais. Além disso, algumas reações simplesmente não podem ser expressadas de maneira verbal, o que limita um pouco as pesquisas.

O que é Neuromarketing?

O neuromarketing vem ganhando cada vez mais espaço complementando estudos tradicionais. A causa? Por conseguir captar valiosas informações sobre comportamento e até emoções mais íntimas do consumidor.

Fazendo uso de avançada tecnologia, como eletroencefalograma (EEG) e técnicas biométricas como medição da frequência cardíaca e galvânica, o neuromarketing capta indicadores que podem variar desde a atividade elétrica do cérebro ou até mesmo movimentação dos músculos da face, batimentos cardíacos, suor e linguagem corporal.

Apesar de toda essas promessas, o neuromarketing ainda é uma novidade. Isso significa que, como ainda é pouco usado, o neuromarketing se tornou uma carta na manga para empresas que prezam pela qualidade do direcionamento de suas campanhas.

Entendendo o que é Neuromarketing

Entender seu público, como ele pensa e como se comporta é a chave para desenvolver as campanhas de marketing com muito mais eficácia.

Um dos principais fatos descobertos pelos neurologistas é que a maior parte de todas as decisões de compra são tomadas em nível subconsciente. Sendo assim, é importante pensar em impactar o inconsciente do consumidor com memórias, emoções e experiências positivas facilitando na hora dele escolher qual produto adicionar ao carrinho, ou encontrar seus serviços.

Leia também:

Experiência do Cliente é o mais importante

Construindo sua presença online

Bloqueio de publicidade online: Apple e Google


Spread the love
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    15.2K
    Shares
  •  
    15.2K
    Shares
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário (Vamos adorar!)

Facebook Comments