Veja dicas para evitar ataques fraudulentos no celular

Fique à vontade para Compartilhar com amor com seus amigos! ❤

Atualmente é bastante comum  utilizarmos apenas o celular para resolver tudo em nosso dia a dia. Seja para envio de mensagens, pagamento de contas, pedir carro por aplicativo, comida, reservar hotéis, entre outros. Porém, a facilidade de acesso a diversos produtos e serviços, entre eles bancários, nos coloca em uma situação de vulnerabilidade.

O brasileiro tem aderido cada vez mais em fazer compras pela internet ou por aplicativos. Há três anos, uma pesquisa realizada pelo Google já apontava a tendência de que em 2021, as compras realizadas por smartphones atingiria a marca de 41% e, até lá, cerca de 27 milhões de pessoas irão realizar compras online pela primeira vez.

“Segurança digital é algo essencial e obrigatório nos dispositivos, uma vez que utilizamos o celular para as resoluções diárias. São muitas informações e dados pessoais trafegando e que ficam vulneráveis as ações dos hackers e quadrilhas especializadas em fraudes digitais, que estão cada vez mais modernizando seus golpes.”, alerta Marcus Garcia, VP de Produtos da FS, empresa que desenvolve produtos e serviços para segurança digital.

O executivo ressalta a questão do período atual considerado de grande movimentação no varejo, quando os criminosos também ficam bem atentos para atacar de diversas formas.

Abaixo, algumas dicas importantes em três ambientes onde os criminosos têm aplicado golpes para evitar dores de cabeça, em pleno período de comemorações e merecidas férias:

Redes de wi-fi públicas: Ao acessar uma delas, seja em um shopping, aeroporto, loja, restaurante, pode estar abrindo portas para os golpes.

Há casos de pessoas que conectaram o aparelho em uma dessas redes para simplesmente checar seus e-mails e recebeu a fatura do cartão com compras realizadas exatamente naquela dada, horário e local. 

Portanto, não é recomendável qualquer tipo de transação com cartões, cadastros com preenchimento de dados pessoais ou outras ações em conexão que não seja da sua confiança.

Redes Sociais: Desconfie de ofertas muito agressivas. Nunca abra links recebidos. O ideal é digitar o endereço do site que pretende acessar para certificar de que não está em ambiente falso. 

Nesses casos, os criminosos criam as propagandas como se fossem da loja original e o consumidor acaba não percebendo que será lavado para outro onde todos os dados pessoais serão acessados e utilizados para diversos fins.

Whatsapp: É uma porta de entrada para os criminosos, o aplicativo oferece risco. Este também é o período de recebimento de mensagens sobre prêmios, promoções etc.

As tentativas de ataques ocorrem geralmente, a partir de um envio de mensagem sobre prêmios, promoções ou links maliciosos que induzem as pessoas a informar todos os seus dados. Até as mensagens de Feliz Natal recebidas no grupo da família podem ser ameaças.

Para evitar cair em fraudes por uma dessas ‘portas’ acima, o importante é blindar os dispositivos móveis com soluções eficazes e que protejam principalmente a conexão. O antivírus não é suficiente.

“Escolha uma suite de segurança dentre as mais conhecidas do mercado. Entre elas está o app Hero. Sobre este, eu posso garantir que estamos com as melhores práticas atualizadas para atender e segurar nossos clientes”, pontua.

Atualmente, mais de 1 milhão de pessoas adotaram o Hero como ferramenta de segurança em seus dispositivos móveis. Deste universo, cerca de 90% utilizam Android.

Entre os destaques na funcionalidade estão: ausência de anúncios (sem ads abrindo na tela), botão de resfriar o celular e, para os que curtem jogos online, mais velocidade e otimizador de bateria e um serviço de Help Desk digital, que te dá suporte às dúvidas e instalações de aparelhos eletrônicos.

LEIA MAIS: Musical ‘’Godspell – A Cidade do Amor’’ chega em São Paulo no Teatro Bibi Ferreira.


Fique à vontade para Compartilhar com amor com seus amigos! ❤

POST A COMMENT.