Projeto Ação na Vila: Ser Humano ajudando Ser Humano

Compartilhe com amor para seus amigos!
  • 8
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    8
    Shares



O Portal Vila Nova Conceição SP nasceu, em 2014, com a proposta de ser um veículo de informação do bairro e da região.

Durante esses anos, estivemos em contato com assuntos sociais e ambientais que envolvem direta e indiretamente o bem-estar da população. Além do nosso olhar atento para o movimento do bairro, tivemos a participação das pessoas que em muitos momentos entraram em contato para sugerir pautas.

Um dos assuntos em destaque foi sobre como ajudar a questão das pessoas em situação de rua. Um tema delicado, que merece todo carinho, cuidado, atenção e muita responsabilidade social de um jornalismo sério e comprometido. Fizemos algumas entrevistas, sempre pesquisando, estudando e conversando para conhecer a causa e poder ajudar de forma eficiente, visando o resgate da cidadania.

projeto acao na vila

Andrea Justos Chiorato, moradora da Vila Nova Conceição e voluntária da ABCP, Associação Beneficente e Comunitária do Povo. Foto: Ai Press.

Em uma de nossas entrevistas, conhecemos Andrea Justos Chiorato, Gestora de RH, que é moradora da Vila Nova Conceição e voluntária da ABCP, Associação Beneficente e Comunitária do Povo.

“Eu ajudo a instituição na organização da digitação das notas fiscais para que eles tenham credito semestral vindo da Prefeitura. Acho o trabalho da ABCP de extrema importância, eles ajudam muitos moradores em situação de rua a se reintegrarem por si próprios e depois na sociedade”, destaca Andrea.

Ao saber que uma moradora do bairro ajudava uma instituição, próxima a Vila Nova Conceição, a qual ajudava ativamente, resolvemos conhecer de perto esse trabalho. Fomos convidados para ir ao café da manhã que a instituição oferece, aos sábados, às pessoas em situação de rua.

Inscrições para palestra: Preencha o formulário no final da matéria

Café da Manhã Solidário

14 de maio de 2016, manhã de sábado, friozinho, os termômetros marcando 16 graus, nossa equipe foi até a ABCP conhecer de perto esse projeto.

projeto acao na vila

Douglas Bordini, Gestor Institucional da ABCP durante entrevista para nossa equipe. Foto: Ai Press.

Logo que chegamos fomos recebidos por Douglas Bordini, Gestor Institucional. Para começar o café, um momento de reflexão sobre fé, amor e a questão social. Todos os sábados cerca de 30 pessoas, na maioria homens, vão a ABCP tomar o café da manhã.

“Esse é o momento que podemos trazer a reflexão, sobre onde essas pessoas estão, quem são e para onde podem ir. Costumo falar que por mais difícil que seja a situação, sempre existe a possibilidade de mudança, o que muitas vezes no dia a dia é difícil de identificar. Todos os sábados ressaltamos a importância de cada um enquanto seres humanos, mostramos que este não é o fim da linha”, explica Douglas.

Durante o café tivemos a oportunidade de ajudar na distribuição do alimento. Depois para conhecer mais sobre o trabalho sentamos para conversar com Douglas.

Ele nos explicou que a ABCP, é uma ONG, criada por voluntários e pessoas da Igreja Batista do Povo da Vila Mariana, foi instituída como pessoa jurídica em 2007. Antes dessa data, um grupo de pessoas já fazia um trabalho dentro da igreja. Com o tempo, o trabalho foi tomando uma proporção maior e precisava ser organizada como um projeto para que pudesse oferecer um atendimento melhor para as pessoas em situação de rua.

projeto acao na vila

Café da manhã solidário na ABCP. Foto: Ai Press.

“Desde o início era feito um trabalho de abordagem na rua com o sopão. O sopão é apenas uma forma de aproximação. A ideia não é apenas levar o alimento para as pessoas na rua, mas sim chama-las para vir nos conhecer e com isso ajudar a transformar a vida dessas pessoas, ajudar no resgate da cidadania, da dignidade”, ressalta Douglas.

A ONG trabalha na linha da assistência social e ao longo do tempo foi conseguindo as certificações que os habilita a atuar nessa área. “Hoje temos o reconhecimento de utilidade pública, estamos inscritos no Conselho de Assistência Social, Conselho Municipal, estamos matriculados na Prefeitura, então temos toda a parte documental, as chancelas e o reconhecimento para poder atuar nessa área”, explica Douglas.

Para ter uma visão ampla do trabalho da ABCP, aproveitamos para marcar esse café da manhã com profissionais parceiros da instituição. Tania Fukushima e Silvia Bianchi são Professoras da Faculdade Anhanguera, campus Vila Mariana, que fica na mesma rua da ABCP.

Inscrições para palestra: Preencha o formulário no final da matéria

projeto acao na vila

“Muitas vezes percebo que as pessoas querem ajudar, mas não sabem como, nem onde. E ficar dando dinheiro e coisas sem ter ideia do trabalho não adianta”, Tania Fukushima. Foto: Ai Press.

No final de 2014, Tania, na época Coordenadora do Curso de Administração e Ciências Contábeis da faculdade, conheceu uma pessoa responsável pelo projeto “Alvo Certo” da ABCP que atende, na região do Grajaú, crianças e jovens em situação de vulnerabilidade. A instituição procurava parceiros para ajudar na arrecadação e distribuição de presentes de Natal.

Tania ressalta que antes de abraçar a causa também foi conhecer de perto o trabalho da ONG. “Para apoiar a instituição nós avaliamos todo fundamento, toda a proposta, toda a responsabilidade, a disciplina e a organização do local, tudo isso para acreditar nela e em sua proposta. Viemos conhecer o local e identificamos que poderíamos sim desenvolver uma ação, em conjunto com os alunos da faculdade e assim resolver a questão dos presentes de Natal. A faculdade e os alunos toparam a ideia e resolveram ajudar na parte de compra dos brinquedos”, explica Tania Fukushima, voluntária da causa.

Eram 230 crianças, que escreveram cartinhas com seus pedidos para o Papai Noel. Elas foram distribuídas entre os alunos da faculdade para que cada um adotasse uma. “Na cartinha havia três pedidos:  um brinquedo, uma roupa e um material escolar para incentivar a criança no ano seguinte a ir para a escola”, descreve Tania.

projeto acao na vila

“Há 2 anos, venho acompanhando esse trabalho e acho muito importante porque não é só o resgate de cidadania é um resgate da dignidade humana. Isso que vimos agora de manhã, emociona, arrepia.” Silvia Bianchi. Foto: Ai Press.

Ação finalizada com sucesso! Todas as cartinhas foram atendidas. “Conseguimos recolher os presentes e levar para as crianças no dia. Foi muito gratificante o trabalho que envolveu alunos, professores, diretores. A partir disso, começamos a acompanhar o trabalho da ABCP e sempre que surge uma oportunidade temos feito trabalhos para ajudar”, ressalta Tania.

Silvia Bianchi, Coordenadora do Curso de Pedagogia, História e Letras da Faculdade Anhanguera, campus Vila Mariana, explica que depois da cartinha de Natal outras ações solidárias foram feitas para ajudar a ONG: “já fizemos ações de arrecadação de alimentos no vestibular e promovemos a Feira do Livro, o valor arrecadado com as vendas foi destinado à instituição”, explica.

Inscrições para palestra: Preencha o formulário no final da matéria

Projeto Social

Dentre as ações sociais da ABCP está Projeto Reconstruir, voltado para pessoas em situação de rua. Esse projeto é constituído das seguintes ações: Sopão; Café da Manhã; Núcleo de Reinserção Social.

“Nossas ações vão desde a abordagem, que chamamos de abordagem social, o trabalho do sopão, cujo objetivo não é levar o alimento e sim convidar para via para cá. A sopa serve como uma forma de se aproximar das pessoas e conhecer a história delas, conversar, conhecer. E depois oferecer para que venham e passem pelo nosso atendimento social. O sopão é distribuído no centro da cidade, onde ainda temos a maior concentração de pessoas em situação de rua. Mais de 50% dessa população está no centro da cidade”, ressalta Douglas.

projeto acao na vila

Antes do café da manhã é comum acontecerem palestras de motivação e reflexão sobre a vida. Foto: Ai Press.

Aos sábados, a Associação oferece o café da manhã, ação que Douglas define como o segundo passo em direção a um trabalho para a ressocialização. No local também é oferecida a possibilidade de um banho, troca de roupas, corte de cabelo e atendimento social.

Durante a semana a ONG oferece a possibilidade das pessoas retornarem para continuar o atendimento. “Nesse acompanhamento é feito o diagnóstico sobre o que essa pessoa realmente precisa. É feita uma construção juntamente com eles. Não existe uma receita de bolo que diz o que cada um terá que fazer. Tem que ser feito individualmente”, explica Douglas.

Essa reinserção social, durante a semana, é feita com atendimento social e psicológico, em alguns casos é necessário o encaminhamento, o acompanhamento e a intervenção para internação, geralmente para tratamento de dependências químicas.

Para isso a Associação tem parcerias com algumas clínicas, o custeio do tratamento é feito com o dinheiro de doações. O tratamento dura em torno de 6 a 9 meses dependendo de cada clínica. Depois desse período a pessoa retorna para a Associação, onde é feito um monitoramento para ver como será o progresso.

“Quando é possível fazer a reconstrução de vínculo familiar algumas pessoas voltam a viver com a família. Fazemos inclusive um trabalho anterior, ou seja, preparamos a família para receber essa pessoa de volta. Quando a pessoa não tem para onde ir, a levamos para uma república da própria associação que fica na região de Cidade Ademar. O local é como uma casa, uma moradia coletiva, são 20 vagas. Lá temos condições para seguir com o processo de reintegração. Essa pessoa vai ter um endereço residencial, para procurar vaga no mercado de trabalho. Temos alguns empresários parceiros que absorvem essa mão de obra”, destaca Douglas.

Douglas deixa o pedido para quem quiser ser um empresário apoiador: “temos alguns parceiros que nos ajudam, mas precisaríamos aumentar esse número de apoiadores!”. 

Inscrições para palestra: Preencha o formulário no final da matéria

Projeto Ação na Vila: Ser Humano ajudando Ser Humano

Pois é, nós do Vila Nova Conceição SP acreditamos nessa causa, por isso, a nossa forma de parceria será ajudando a divulgar informações que orientem e conscientizem a sociedade, além disso vamos realizar ações que promovam a ação coletiva.

projeto acao na vila

Café da manhã solidário com pessoas em situação de rua. Foto: Ai Press.

Faremos uma série de matérias sobre o tema. Já está programado para, dia 28 de junho de 2016, um encontro junto com a ABCP, aqui na Vila Nova Conceição, para debater o assunto.

Todos podem participar. Por uma questão de delimitação de espaço precisamos da confirmação de presença pelo e-mail que deixaremos a seguir.

Esse encontro faz parte do nosso Projeto Ação na Vila Meio Ambiente.

“Estamos no mundo também para ajudar o próximo, não devemos deixar passar oportunidades de apoio à humanidade, vamos viver cooperando por um mundo melhor!”, finaliza Andrea, moradora da Vila Nova Conceição e Voluntária da ABCP, da qual partilhamos o pensamento.

Veja também: Dia do Meio Ambiente

SERVIÇO
ABCP, Associação Beneficente e Comunitária do Povo
End.: Rua Afonso Celso, 1.185, Vila Mariana, SP
Tel.: (11) 5679-7813

Inscrições para palestra: Preencha o formulário abaixo:


Compartilhe com amor para seus amigos!
  • 8
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    8
    Shares

Deixe um comentário (Vamos adorar!)