Quem matar na hora da crise?

Compartilhe com seus amigos com amor!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Superar a crise é desafio permanente no mundo corporativo, mas lidar com problemas pode ser menos estressante se o gestor souber detectar os primeiros sinais de que algo não vai bem, implantar metodologias de controle e reverter uma situação antes que tudo saia do controle.

Por mais intrigante que possa parecer, em momentos de crise, fazer nada é melhor que tomar uma atitude sem pensar e piorar e muito o que já está ruim. Sabemos que a ansiedade de que seu negócio dê um salto para fora desta situação existe, mas neste momento é preciso ter calma e procurar informações e soluções para sair de uma crise. Mas onde  encontrar? Acompanhar os jornais, revistas e noticiários na TV?

A dica fica por conta do  executivo Artur Lopes, que  lançou a edição comemorativa do livro “Quem matar na hora da crise – Como Resgatar sua Empresa e Fazê-la Crescer”, pela editora Évora, que já vendeu mais de 6 mil exemplares. Com mais páginas desta vez e nova capa, a edição comemorativa faz parte de um dos assuntos mais em voga em 2015: aprender a lidar com a crise econômica nas empresas.

Embora seja um guia prático para diagnosticar e superar as crises no dia a dia corporativo, Artur defende que não existem fórmulas exatas para vencer as dificuldades, porque a realidade de cada organização é única, mas existem metodologias aplicáveis e um know-how adaptável a inúmeras situações. O livro aborda a crise de gestão e a gestão de crise.

Autor de sucesso, já escreveu outros dois livros com diferentes aspectos sobre o tema: “Negócios sem crise” e “Recuperação Judicial”. Com abordagens bem diferentes do que se vê no mercado financeiro, Artur Lopes utiliza uma linguagem simples, direta e com dicas objetivas, que torna fácil ao empresariado brasileiro entender quais os sinais, metodologias e atitudes para detectar, lidar e reverter uma crise.

SOBRE O AUTOR

Com mais de 20 anos de experiência em gestão financeira, Artur Lopes foi secretário-executivo do Conar – Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária – e faz parte da TMA Brasil, representante brasileira da Turnaround Management Association, entidade internacional que trata de reestruturação e recuperação judicial.

Sócio-fundador da consultoria Artur Lopes & Associados, o autor tem uma experiência sui generis: viveu na própria pele uma grave crise empresarial, tempos atrás. Hoje atende organizações de todo o Brasil, dos mais variados segmentos: eletroeletrônico, alimentício, químico, moveleiro, tecnologia, de educação e materiais de construção.


Compartilhe com seus amigos com amor!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário (Vamos adorar!)