Uso da mochila sem afetar a saúde

Spread the love
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    17.8K
    Shares

Especialistas da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – SBOT dão três recomendações básicas:

1 – A criança não pode carregar na mochila mais do que 10% de seu peso;
2 – Nunca carregá-la com apenas uma das tiras passada pelos ombros, pois isso pode provocar escoliose;
3 – As tiras devem ser tensionadas para que a mochila fique bem junto ao corpo, e cinco centímetros acima da linha da cintura.

Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – SBOT

A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – SBOT promove uma campanha de volta às aulas e o foco são as mochilas das crianças e adolescentes. Para a entidade, a utilização inadequada é um dos motivos que levam 85% da população a sofrer dor nas costas.

A ação ressalta que o peso da mochila não ultrapasse os 10% do peso do estudante. Os materiais mais pesados precisam ser sempre colocados no centro da mochila, próximo às costas.

Os ortopedistas alertam que os pais devem preferir, na hora da compra, as mochilas com alças acolchoadas, reguláveis e firmes. Elas precisam ter uma largura mínima de 4 cm e, preferencialmente, os modelos adquiridos devem ter cinto abdominal que ajudam a equilibrar o peso.

Excesso de peso

O coordenador da campanha da SBOT, Francisco Nogueira, lembra que os ortopedistas não são contra o uso da mochila, mas sim contra o excesso de peso e a forma inadequada de carregá-la. “Isso pode provocar problemas da coluna que, às vezes, nem são percebidos de imediato, mas cujo efeito cumulativo aparecerá quando o estudante for adulto”, ressalta.

Para o diretor da SBOT, Carlos Vassalo, a postura inclinada para aguentar o peso de uma mochila pode provocar dores nas costas, ombros e ainda pressionar músculos e o ligamento do pescoço. “O peso excessivo ainda pode causar danos na região lombar, no joelho e também no quadril”, completa Vassalo.

Mais informações em: campanhas.portalsbot.org.br/mochila/


Spread the love
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    17.8K
    Shares
  •  
    17.8K
    Shares
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário (Vamos adorar!)

Facebook Comments