O amor de Tuti

Compartilhe com amor, para seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O pai da psicanálise também foi sábio quando falou sobre os felinos. Para Sigmund Freud, o tempo gasto com os gatos nunca é desperdiçado.  O jornalista Anderson França e a professora Mary Estevo França são o exemplo de tal afirmação.

Um passeio com os “filhos” labradores, Tomy e Tequila, transformou a vida do casal para sempre. Naquele dia, cada passo em direção ao parque representava a proximidade com um amor indissolúvel. Difícil de explicar, mas fácil de sentir até para os corações mais endurecidos pelo tempo.

A caminhada terminou com um presente: mais de 12 gatos abandonados no parque ganharam um padrinho e uma madrinha. Anderson e Mary assumiram o compromisso de cuidar dos bichanos, com alimentação, carinho e proteção. A luta para conseguir uma família para cada um deles também iniciou ali. Após um ano, o saldo foi positivo, com mais de 20 adoções.

Por causa de falsas crenças, muitos ainda acham que os felinos são traiçoeiros, interesseiros e não se apegam ao dono. Balela! Entre os bichanos cuidados pelo casal, estava Tuti. Ele se apegou ao Anderson de forma inexplicável. Só brincava ou aceitava alimentos dados pelo jornalista.  

Recentemente, numa noite do mês de junho, por volta das 23 horas, o casal se surpreendeu ao ver Tuti em frente ao portão de casa. Para chegar até o local sem nunca ter ido, o gato atravessou quatro pistas de uma grande avenida e um viaduto.

A explicação? Ele pode ter sido atraído pela energia e sabia que ali encontraria um cuidado especial para o que estava sentindo. Estudiosos afirmam que os gatos possuem uma capacidade psíquica que permite viajar muitos quilômetros sem conhecer o caminho e chegar ao seu destino, falar telepaticamente com seres humanos, dentre outras formas de sensibilidade. Eles são mestres e nos ensinam a amar.

Naquela noite, Tuti precisava mesmo de ajuda. Após visita ao veterinário, foi diagnosticado com uma forte dor de garganta. Hoje, já recuperado, vive na nova casa com outros seis gatos (Paco, Félix, Chico, Teodoro, Luna e Branquinho) e a dupla dinâmica Tomy e Tequila. Tuti está para adoção… não sei se até a página três… O casal não tem condições de mantê-lo na casa por falta de acomodação.

Os gatos refletem amor. Do ponto de vista energético, as pessoas que são alérgicas a eles têm dificuldade para deixar o amor entrar em suas vidas. Quer um amor para toda a vida? Adote um gato.

Leia também:
A amizade e os sentimentos nos tempos das redes sociais
Algo sobre a vida…
Músicas que marcam vidas
O retrato do sex appeal
Insistir menos e desistir mais…

Paty PasquiniPatrícia Pasquini, jornalista, radialista, blogueira, palmeirense, aquariana, apimentada, filha, irmã, tia, prima. Escreve quinzenalmente, às quintas, para o Portal Vila Nova Conceição SP.


Compartilhe com amor, para seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário (Vamos adorar!)